sexta-feira, 11 de julho de 2014

A Pequena Garota Sorriso - Parte V

... Continuação ...
Luís Otávio: É... Quer dizer... Não! rs' Eu quero o seu Facebook e seu número de telefone. Preciso manter um contato com a minha fessorinha! Jesa, posso saber onde você estuda? (sem dar chances para a menina responder...) Eu me matriculei na Escola ³. Ah, me lembrei... No dia que almoçamos, você disse que estuda lá!
Jesamine: Eufórico você, né! (Jesamine ficou chocada! Agora ela teria de encontra-lo todos os dias.
-Os dois caminharam aproximadamente uma hora. Luís Otávio era um garoto muito popular, mas que se dizia solitário, enquanto Jesamine era apenas mais um pingo de ''i''.
Luís Otávio: Eu sou vidado em videogame e esporte. Qual é o seu hobby, Jesa?
Jesamine: Boa pergunta! Quem sabe... Estudar? Trabalhar? Hum, vasculhando minha memória, meu hobby mesmo é ler!
Luís Otávio: Você não existe. Quem tem 'saco' para ler? Mas eu adoraria ler um livro... Não sei se você conhece...
Jesamine: Qual?
Luís Otávio: Aquele que estará eu e você juntos.
-Jesamine espantada, não sabia onde a face enfiar, então ela resolveu apenas o sorriso mostrar.
Luís Otávio: Esquece o que eu disse! Foi... Apenas uma piada para alegrar o dia! Que tal hoje, na minha casa, uma partidinha rápida de Nintendo wii?
Jesamine: O melhor do wii é que envolve jogo e esporte. Seus rampeiros hobbies. (risos!)
Luís Otávio: Como pode uma menina ser linda, e bem humorada?!
Jesamine: Não estou gostando do rumo dessa conversa.
Luís Otávio: Calma, calma! É brincadeira! Nós somos amigos... Falo isso para descontrair!
Jesamine: Então vá com calma na distração! Mas... Nós somos amigos?
Luís Otávio: Que balde d'água gelada na cara, einh! Eu aqui, me esforçando para ser uma boa companhia e você me pergunta se somos amigos?
Jesamine: Ok, me desculpe! (ela pega em sua mão e..) Então: melhores amigos para sempre?
Luís Otávio: Para sempre...
- Um tempo vazio e apenas com sorrisos, o menino novamente volta a falar
Melhores amigos também vão ao cinema, né?
Jesamine: Só pra ver uma comédia!
Luís Otávio: Topa?
Jesamine: Não sei se você se ligou, mas eu nem respondi sobre a partida de wii, e você já propôs outro evento!
Luís Otávio: (super sem graça) Meu raciocínio é muito rápido! Você não tem como dizer não! Pelo menos, com esses convites, você não terá um dia tedioso.
Jesamine: A partida de wii eu topo! Já o cinema... É um caso a pensar.
-Chegando na casa de seu amigo, Jesamine que nunca tinha jogado o game, ficou muito empolgada.
Quando Luís Otávio chegou em casa, ele foi direto pegar sua irmãzinha que assimilava-se com uma boneca. Luís Otávio morava com seu pai, mãe, avô, avó e a irmã. Ele chamou Jesamine para conhecer sua casa, ela muito acanhada foi. Após o tour ele partiu para um leve banho, enquanto Jesamine ficara admirando os retratos de uma família feliz.
Os recém amigos jogaram o jogo. Luís, mais ágil, ganhou! O sorriso de ambos era tão verdadeiro, que causava inveja nas paredes.
O garoto avisou à sua mãe que iriam ao cinema.
Cláudia (mãe de Luís Otávio): Com uma estranha?
(Jesamine abaixa-se e finge que não ouve)
Luís Otávio: Jesamine não é uma estranha. Ela é minha professora substituta de História e minha nova amiga da Escola ³.
Cláudia: E o almoço?
Luís Otávio: Volto a tempo!
-Jesamine deu um bom dia a todos, enquanto a mãe do amigo diziam-lhes para se divertirem.
E viram o filme: ''Eu vos declaro, Marido e Larry''.
Terminado o filme...
Luís Otávio: (levando Jesamine em casa) Você não vai me chamar para entrar?
Jesamine: Não.
Luís Otávio: Curta e objetiva. Ok, né! Nos vemos amanha?
Jesamine: Viva o hoje como se fosse o ultimo dia. (risos!) E sorri.
Luís Otávio: Muda seu nome para Garota Sorriso, vai!
-O menino sai do beco da casa de Jesamine, chuta umas pedras com ar de riso, meio zen.
Por volta das 1h30, a menina que mais estava feliz na face do universo, não perdera tempo de escrever em seu diário:


Findado o final de semana, começa novamente a rotina de segunda feira
- Jesamine ficara tão empolgada com o dia anterior, que esqueceu da vida... A segunda amanheceu, e a cabeça de Jesamine não raciocinou que não lavara sua calça de uniforme.
Jesamine: Oh, não! Por que, por que, por que! Droga! Calça suja! :@ Vou ter que ir com aquela que minha irmã me deu. Aquela calça ridícula... apertada! Estou horrível! Terei de usar aquela blusa maior para compensar o aperto dessa calça. Meu cabelo como sempre, um luxo, trocando a letra ''u'' por ''i''. Rabo de cavalo nele.
-Ao caminho de um novo dia, pedindo a Deus paciência, Jesamine estava convicta a mudar seu estilo e sua vida.
Começara o dia escolar com uma aula de História. O fundão da sala conversava, o meio, ouvia música copiando atrasadamente, e na frente, atentos, os alunos ouviam a professora sem nenhuma audácia. Menos Jesamine que cochilava, mas ouviu muito bem quando o sinal do intervalo tocou.
Ela foi de encontro à duas meninas. Suas amigas (cujo se conheceram na fila do bebedouro!). Todas dotadas de características bem diferentes.
O assunto da hora era meninas metidinhas cortando fila! As amigas de Jesamine estudavam na mesma sala que o recém chegado, Luís Otávio, que chegara empolgado oferecendo cookies gelados!
Jesamine faminta, logo pegou dois. Ela sempre se sentia forte quando ao lado de Lunna e Isabella.
Lunna: (enquanto Luís olhava atentamente ao jogo) Amiga, por que não me contou dele?
Isabella: Vacilou! (fazendo bico)
Lunna: Ele é tão perfeitinho...
Jesamine: Oi, fura-olho!
Isabella: Eu o conhecia da academia.
Jesamine: Beleza. Será que a vacilona sou mesmo eu? Mas eu e esse menino não temos nada.
-Riram e o final de semana de cada uma foi relatado
Isabella: O ponto forte de eu ter um irmão, menino, é que toda semana recebemos amigos dele... um mais gato que o outro.
Lunna: Nem contei para vocês que levei um, dois, três foras! Confesso que fui muito atrevida. Ahh, nós não nos reunimos há séculos, meninas. Quando marcaremos outra ''S.F.''? [sessão fofoca]
Jesamine: Tem que ser breve, pois sem vocês não vivo.
Luís Otávio: Ai que rosa, a conversa das menininhas! ( e sai)
As três amigas: Bobo!
Isabella: Lunna, reparou na calça da Jê?
Lunna: Será que é para um certo alguém ver?
Jesamine: Só não são mais bobas por falta de espaço.
Isabella: Aqui, Jesa, por que você não vai mais ao Dançatro?
Lunna: Verdade... Nós sentimos sua falta! Vamos hoje?
Jesamine: Alôô! Minha família está longe! O que eles me mandam é pouco! Vou me sustentar na casa de vocês? Hoje eu vou para Casa Velha...


Nenhum comentário:

Postar um comentário