sábado, 1 de agosto de 2015

Ei, você ai? Me dá um dinheiro ai, me dá um dinheiro ai!! #EconomizarAgoraOuNunca

Oi, amorecos!! Como vão?
Estava há um tempo querendo fazer uma postagem sobre economia. Depois que uma menina comentou, ai que eu pensei: "já está mais que na hora de você tirar isso da cabeça". Tinha receio que ninguém se interessasse, mas em tempos de crise, será um bom post!
Sou "pão-duro" de carteirinha. Já comprei minha habilitação. Tem horas que me odeio por ser tão economista rs.
Vamos lá? Vou listar algumas diquinhas que eu uso para ser racionalíssima e não gastar!

1-Primeiro e super importante, faça essas três perguntinhas a si mesmo:
*Eu quero?
*Eu preciso?
*Eu posso?
*Tem que ser agora?
Tenho certeza que você vai se decepcionar em uma dessas respostas, e babau sua comprinha muhaha

2-O dinheiro que você está pensando em gastar, pode ser empregado para outra coisa!
"Liquidação de inverno é no shopping tem tudo", "toda loja com até 70%(por que nunca 90%) de desconto". Frases assim, são tentadoras e induzem-nos a querer mexer no cofrinho! Ai você vai e tira o dinheiro de pagar a conta da Light que vence no dia seguinte para comprar uma blusa! Sem comentários, né? Usemos a cabeça.

3-Comprar? Somente o necessário:
Ainda se jogando na liquidação fabulosa do shopping, você pega dez peças. "São lindas, são da moda, são charmosas... Vai cair muito bem no jantar da amiga." A amiga decide não fazer mais o jantar ou você resolve enfurnar todas aquelas roupas no fundo do armário. Você comprou mais que o necessário, menos que o preciso. Se foi o dinheiro que poderia ter outra finalidade.
Portanto, não implante o comprar como uma "terapia". senão no dia seguinte, terá uma grande dor de cabeça. #CompulsãoAquiNão

4-Use a cabeça, faça contas. vá de 'marba':
Uma vez foi engraçado. Minha tia me pediu para comprar uma manteiga marba. Procurei igual barata tonta. Voltei até ela me queixando que não achei a manteiga marba. Ela morreu de rir de mim, dizendo que a manteiga marba era a marbarata. 
Não fique nessa de ter vergonha de comprar aquilo porque está mais em conta não!
Não tenha vergonha da pechincha...
Use a matemática sempre a seu favor.
Compare: o sabão líquido com 500 ml está R$8,90 - já o de 1.000 ml está R$10,90 - Qual é mais vantagem? Eu comprando o de 1.000 ml por dois reais a mais é um super negócio, não acha?
Pesquise: se você precisa daquela batedeira porque a sua pobrezinha, está lascada, saia em busca (ou fique no conforto das lojas virtuais kkk) de onde é mais em conta. Nada de comprar no primeiro lugar que você for.
5-Desapegue!
Hoje o que nós mais vemos são grupos de desapegos. Desapegue daquelas peças em bom estado que você já não as usa. Nada de ficar com pena! Muitas vezes acontece de você não desfazer de alguma coisa porque foi a amiga que deu. porque vai emagrecer, que vai engordar... Vamos apagar isso do cotidiano! 
Atenção: se for desapegar vendendo as coisinhas, não coloque a preço de ouro. Lembre-se que o menos é mais e mais vale um pássaro na mão que dois voando!
Se não for vender, pense na alegria de alguém usando as coisas bonitas que você doou!

Agora guarde isso no coração: tenha domínio próprio; Estipule um limite para seus gastos. Esqueça o cartão de crédito. Invista na poupança (embora renda pouco, é uma boa ação. Dinheiro na mão é perigoso!)e esqueça o cartão também. Sobrou um troquinho do mercado? Coloque no cofrinho (e não abra - coloque de preferência as moedas maiores, Se preferir, faça um de moedas maiores outro de moedas menores)!

Fim do post!! Espero que as dicas sejam úteis e que você use seu dinheiro com cautela, mas também não se prive de tudo! Em tempo de inflação, economizar é a solução :)
Grande beijo e que Deus os abençoe!

3 comentários: